Instalação de para-raios

A obra de instalação de para-raios no residencial inclui a proteção  com sistemas de para-raios nas seguintes áreas: portarias, edificação administrativa, salão de festas, refeitório, vestiário, almoxarifado, cozinha, sala de educação ambiental, quiosque piquenique, quiosque do tênis, centro cultural e Projeto ASAS. Todas com áreas construídas e cobertas e que dispõem de para-raios, e a área das quadras poliesportivas, campo de futebol, quadra de tênis e quadra de areia. Nas áreas abertas com grandes árvores foram aterradas tubulações, suas grades de proteção, bem como os postes de iluminação.

As edificações cobertas são ótimos locais para se abrigar em momentos de chuvas com raios, pois estarão protegidas com sistema de para-raios.

Já na área das quadras que tem grandes árvores por perto e há uma grande massa metálicas dos postes e grades (caminhos perfeitos para os raios (mesmo com as estruturas aterradas), é extremamente importante abandonar imediatamente o local no primeiro sinal de chuvas com nuvens negras e relâmpagos. O risco de um acidente mesmo com as providências adotas conforme norma em vigor, é bastante grande, pois um raio pode ocorrer antes da chuva começar. O mesmo vale para as crianças que estejam brincando no playground.

Recomendações

1- O verão é a época de maior incidência de chuvas e raios. E durante as férias as crianças adoram brincar na chuva, andar de bicicleta, jogar bola, mas é preciso cuidados para evitar fatalidades, principalmente em locais abertos, perto de árvores e estruturas metálicas

2- Não deixar crianças brincando em varandas ou coberturas muito abertas lateralmente, pois os raios são muito ramificados e podem atingir uma pessoa lateralmente.

3- Dentro de casa, evitar tomar banho, não use torneiras e chuveiros, não utilize telefones com fios, e nem celular ligados ao carregador, não fique perto de janelas metálicas, e se possível retire das tomadas os equipamentos elétricos.

4- No trânsito, procurar abrigo em local seguro, mas se não puder fique dentro do carro, porém, evite contato com as partes metálicas, neste caso o veículo funciona como uma gaiola metálica e conduz as descargas por toda sua estrutura de metal.


5- Áreas abertas como praias e campo, nesta condição o raio sempre vai chegar ao solo e sua preferência será tudo o que estiver sobressaindo ao solo. Se não tiver abrigo, e nem uma valeta no solo para ali ficar, o melhor a fazer é se deitar, diminuindo assim sua exposição elevada.

6- Árvores não protegem, a seiva no seu interior é uma excelente condutor de eletricidade, e ela atua como para-raios, sendo que conduz ao solo esta descarga elétrica pelas suas raízes. E podem atingir as pessoas ao redor por causa da tensão de passo, que fica com valores altos nessas situações.

7- Evite ficar sobre maquinas, equipamentos ou mesmo utilizando ferramentas metálicas, pois estas peças metálicas atraem descargas.

8- Jamais fique dentro de barcos metálicos nas chuvas em rios, lagos, lagoas e nem fique pescando com varas de fibra de carbono sob chuvas, elas são muito atrativas a raios.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *